Emergência de ambiente propício à aprendizagem da relação entre projeto pedagógico e ambiente virtual em cursos a distância: uma abordagem complexa

Autores/as

  • Eliamar Godoi Centro Universitário Leonardo da Vinci - Universidade Kroton
  • Roberval Montes da Silva

DOI:

https://doi.org/10.5944/ried.18.1.13806

Palabras clave:

Ambiente de aprendizagem, complexidade, educação a distância.

Resumen

Esse trabalho analisa um curso de graduação em Língua Inglesa ofertado à distância. A análise foi orientada pela teoria da complexidade cujo enfoque foi mais nas relações entre seus elementos e interagentes e menos nos resultados. Considerando o Projeto Pedagógico do curso analisado como um documento contextualizado, um dos desafios apontados nesse estudo consiste em buscar o melhor entendimento de fatores que possam facilitar a construção de um ambiente que seja propício à aprendizagem dos cursitas em EAD. Para esse estudo, adotamos algumas noções da teoria do caos/complexidade que serviram de base epistemológica para as análises e discussões desta pesquisa. Buscamos evidências de propriedades dos sistemas complexos tais como emergência, atratores, auto-organização, adaptabilidade e sensibilidade à condições iniciais e a fatores externos que incidiram nesse curso considerado um sistema complexo. Para tal, a análise incidiu na relação entre projeto pedagógico do curso e o seu Design instrucional bem como nas interações, nos fatores e elementos que puderam influenciar positiva ou negativamente a emergência de um ambiente favorável à aprendizagem. Da relação entre projeto pedagógico e ambiente virtual emergiram padrões de dimensões sociais tais como reciprocidade, colaboração ou a falta dela, ambientação e tentativas de aprendizagem. Entendemos que a melhor compreensão das características, funcionamento e padrões emergentes em cursos de graduação a distância possa contribuir para as discussões voltadas às práticas colaborativas com enfoque na aprendizagem em ambiente virtual.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Citas

Bicudo, M. A. V. (2011). Aspectos da pesquisa qualitativa efetuada em uma abordagem fenomenológica. In M. A. V. Bicudo, Pesquisa qualitativa segundo a visão fenomenológica. (pp. 29-40). São Paulo: Cortez.

Braga, J. C. F. (2009). A presença cognitiva em comunidades de aprendizagem On-line. In V. L. M. O. Paiva, e M. Nascimento, Sistemas adaptativos complexos: língua(gem) e aprendizagem. (pp.131-148). Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG.

Fleischer, E. (2009) Caos/complexidade na interação humana. In V. L. M. O. Paiva, e M. Nascimento, Sistemas adaptativos complexos: língua(gem) e aprendizagem. (pp. 73-92). Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG.

Filatro, A. (2007). Design instrucional contextualizado. 2. ed. São Paulo: Editora Senac.

________. (2008). Design instrucional na prática. São Paulo: Pearson Education do Brasil.

Larsen-Freeman, D; Cameron, L. (2008). Complex systems and Applied Linguistics. New York: Oxford.

Leffa, V. J. (2006). Transdisciplinaridade no Ensino de Línguas: a perspectiva das Teorias da Complexidade. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, 6(1), 27-49.

Lorenz, E. N. (1993).The Essence of Chaos. Seattle: University of Washington Press. Morin, E. (2003). Introdução ao pensamento complexo. Lisboa: Piaget.

Paiva, V. L. M. (2009). Caos, complexidade e aquisição de segunda língua. In V. L. M. O. Paiva, e M. Nascimento, Sistemas adaptativos complexos: língua(gem) e aprendizagem, (pp. 187-204). Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG.

Sobral, A. (2011). Reflexões sobre as concepções de leitura de alunos de Mestrado. In A. M. F. Barcelos, (Org.), Linguística Aplicada: reflexões sobre ensino e aprendizagem de língua materna e língua estrangeira. (pp. 47- 66). Campinas: Pontes Editores. Coleção: Novas perspectivas em Linguística Aplicada, v. 13.

Souza, V. V. S. (2011). Dinamicidade e adaptabilidade em comunidades virtuais de aprendizagem: uma textografia à luz do paradigma da complexidade. 256 f. Tese (Doutorado em Estudos Linguísticos)–Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG.

Universidade Federal de Uberlândia– Instituto De Letras E Linguística. (2010). Projeto Pedagógico do Curso de Letras: Licenciatura em Inglês e literatura de Língua Inglesa–PARFOR. Modalidade a Distância. Comissão PARFOR. Uberlândia: UFU/ILEEL.

Publicado

2015-01-02

Cómo citar

Godoi, E., & Montes da Silva, R. (2015). Emergência de ambiente propício à aprendizagem da relação entre projeto pedagógico e ambiente virtual em cursos a distância: uma abordagem complexa. RIED-Revista Iberoamericana De Educación a Distancia, 18(1), 171–189. https://doi.org/10.5944/ried.18.1.13806

Número

Sección

Estudios e investigaciones