Afetividade e motivação na docência online: um estudo de caso

Eunice Castro, Keite Silva Melo, Gilda Helena Bernadino Campos

Resumen


Na perspectiva psicogenética walloniana, a afetividade permeia todas as relações entre o aluno-mediador e o objeto do conhecimento. Na Educação a distância será a afetividade que engajará o aluno ao curso e à aprendizagem dos conceitos científicos, por meio da motivação. Esse artigo tem o objetivo de discutir a afetividade construída na mediação pedagógica em um curso online, trazemos o recorte de um estudo de caso sobre o Curso de Especialização em Tecnologias em Educação direcionado para professores e gestores da Educação Básica. Analisamos a relação da afetividade e motivação nas respostas à questão “De que forma a mediação pedagógica do curso contribuiu para o seu desempenho acadêmico”. A metodologia utilizada foi a análise de conteúdo, realizada por meio do software Alceste e contou com a devolutiva de 2117 alunos egressos do curso. Os sentidos presentes na categoria motivação foram divididos em dois grupos, sendo o primeiro, a importância do mediador para conclusão do curso, as características ou atribuições do mediador para que possa motivar o aluno, o apoio do mediador para que o aluno concluísse a especialização. Já no segundo grupo, percebeu-se a importância do mediador acompanhar o desempenho do cursista ao longo do curso e as estratégias utilizadas para esse acompanhamento. Concluímos que, as relações de afeto construídas com o mediador vincularam os alunos ao curso, contribuindo para sua permanência e conclusão e que a afetividade tem um peso relevante na garantia do processo de aprendizagem, pois deve estar inserida na mediação pedagógica e na construção do conhecimento.


Palabras clave


Afetividade; docência online; mediador pedagógico; motivação.

Texto completo:

PDF (Português (Portugal))

Referencias


Andrade, A., Vicari, R.(2003). Construindo um ambiente de aprendizagem a distância inspirado na concepção sociointeracionista de Vygotsky . (257-273). En M.Silva (org.) Educação Online. São Paulo: Edições Loyola.

Andrade, M., Freire, J., Neri, M. (2015). Mecanismos de afetividade no ensino a distância – relação tutor e aluno, no contexto universitário. Anais. 8º Encontro Internacional de Formação de Professores e 9º Fórum Permanente de Inovação Educacional. Recuperado de: https://eventos.set.edu.br/index.php/enfope/article/view/1772.

Bannel et al. (2016). Educação no século XXI: cognição, tecnologias e aprendizagens. Petrópolis, RJ: Vozes; Editora PUC.

Bauer, M. W. (2008). Análise de Conteúdo Clássica: uma revisão. (189-221). En M. Bauer. et al. Pesquisa Qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 7. ed. Petrópolis, RJ: Vozes.

Brasil (2005). Decreto 5622, de 19 de dezembro. Recuperado de: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Decreto/D5622.htm.

Campos, G. (2002). Avaliação em cursos on-line. Formação e Treinamento On-line. Escola Internet. Colunas. Revista TI. Recuperado de: http://www.timaster.com.br/revista/colunistas/ler_colunas_emp.asp?cod=522.

_____________. (2011). Mediação pedagógica: cooperação entre pares como estratégia pedagógica. (49-74). En G. H.B. Campos et al. As relações colaborativas: desafios da docência online. Curitiba, PR: CRV.

_____________. (2007). Tecnologias em Educação: Uma experiência em larga escala de formação de professores para o uso de tecnologia em sala de aula. Coordenação Central de educação a Distância. Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio.

Campos, G. H. B., Ziviani, C., Silva, E. C., Roque, G. O. (2013). Díade mediador-aluno: Relações de cooperação. Tecnologias, sociedade e conhecimento. 1(1), 57-79, NIED, UNICAMP. Recuperado de: http://www.nied.unicamp.br/ojs/index.php/tsc/article/view/110/98.

Carvalho, M. R., Lima, R. L. (2015). A Importância da afetividade na EaD: uma perspectiva de Wallon. Revista EDaPECI. São Cristóvão (SE) 15(1), 192-205. Recuperado de: http://www.seer.ufs.br/index.php/edapeci/article/view/3391.

David, P. B. et al. (2014).Análise da afetividade em fóruns virtuais: construção de uma ontologia de domínio. Nuevas Ideas en Informática Educativa. (821-826). Recuperado de: http://www.tise.cl/volumen10/TISE2014/tise2014_submission_288.pdf.

Ferreira, A. L., Acioly-Regnier, N. M. (2010). Contribuições de Henri Wallon à relação cognição e afetividade na educação. Educ. rev., Curitiba, n. 36, p. 21-31. doi: http://dx.doi.org/10. 0/S0104-40602010000100003.

Goulao, M. F. (2016). Comunicação e afetividade em ambientes virtuais. Revista EDaPECI. São Cristóvão (SE). 16 (1), 162-177. Recuperado de: http://www.seer.ufs.br/index.php/edapeci/article/view/4863.

Kronbernger, N. et al. (2008). Palavras-chave em contexto: análise estatística de textos. En M. Bauer et al. Pesquisa Qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 7. ed. Petrópolis, RJ: Vozes.

Liew, T. W., Zin, N. A. M., Sahari, N. e Tan, S. (2016). The Effects of a Pedagogical Agent’s Smiling Expression on the Learner’s Emotions and Motivation in a Virtual Learning Environment. International Review of Research in Open and Distributed Learning.17 (5), 248-266. doi: http://dx.doi.org/10.19173/irrodl.v17i5.2350.

Nascimento, A. (2004). Memória dos verdes anos: saudade da infância na música popular brasileira – uma investigação e uma proposta de análise de dados. Tese (doutorado). Universidade Federal do Espírito Santo, Programa de Pós-Graduação em Psicologia.

Réka, J. et al. (2015). Implications of Motivational Factors Regarding the Academic Success of Full-time and Distance Learning Undergraduate Students: A Self-determination Theory Perspective. Procedia – Social and Behavioral Sciences. 187. p. 50-55. doi:10.1016/j.sbspro.2015.03.010

Roque, G. (2011). Avaliação de aprendizagem em atividade desenvolvida a distância. (75-100) En G. H.B. Campos et al. As relações colaborativas: desafios da docência online. Curitiba, PR: CRV.

Silva, E. C. (2013). Concepção dos alunos sobre mediação pedagógica: um estudo de caso em curso na modalidade a distância. Dissertação de Mestrado não publicada, Departamento de Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil.

Simonetto, K., Murgo, C., Ruiz, A. (2016). Afetividade Na Educação: A Distância Sob O Olhar De Alunos De Pós-Graduação. Rev. FSA, Teresina, 13(1), 83-96. doi: http://dx.doi.org/10.12819/2016.13.1.5

Tassoni, E. C. M., Leite, S. A. S. (2013). Afetividade no processo de ensino e aprendizagem: as contribuições da teoria walloniana. Educação (Porto Alegre, impresso), 36 (2), 262-271, Recuperado de: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/download/9584/9457.

Tardif, M., Lessard, C. (2014). O Trabalho docente – Elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. 9ª edição. Petrópolis: Vozes.

Tovar, E. F. e Bercht, T. (2016). Explorando la dimensión afectiva entre el estudiante y el conocimiento matemático mediado por las TIC. Novas Tecnologias na Educação. 14 (1) 1-9. Recuperado de: http://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/67381/38472.

Veras, R. S., Ferreira, S. P. A. (2010). A afetividade na relação professor-aluno e suas implicações na aprendizagem, em contexto universitário. Educ. rev., Curitiba , 38 (1), 219-235. Recuperado de: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602010000300015&lng=en&nrm=iso.

Vygotsky, L. (2000). A Formação Social da Mente. São Paulo: Martins Fontes.

Wallon, H. (2007). A evolução psicológica da criança. São Paulo: Martins Fontes.




DOI: https://doi.org/10.5944/ried.21.1.17415

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




RIED. Revista Iboeroamericana de Educación a Distancia
(La Revista Iberoamericana de la Educación Digital)

 
Director/Editor : Lorenzo García Aretio
UNED, Facultad de Educación
C/ Juan del Rosal, 14
28040 Madrid (Spain).
ried@edu.uned.es 
ISSN :1138-2783
E-ISSN : 1390-3306
Depósito Legal : M- 36.279 -1997
Edita: Asociación Iberoamericana de Educación Superior a Distancia (AIESAD
)    

Reconocimiento NoComercial (by-nc): Se permite la generación de obras derivadas siempre que no se haga un uso comercial. Tampoco se puede utilizar la obra original con finalidades comerciales.
SÍGUENOS EN:

https://2.bp.blogspot.com/-wtzwURZeg6I/V_y8vM5DmdI/AAAAAAABKKQ/y_fW6U2dW3cOLG6z-tUwJ9u1Pwt9ltXHACLcB/s320/blogger_b_logo.jpg   https://4.bp.blogspot.com/-Q3lAzaCezXA/V_TZ0BTuIkI/AAAAAAABKF4/wP8QRQVCPiQnk0sE7nEDnZHY5F03AOjbgCLcB/s200/twitrer_120%2B%25281%2529.jpg  https://4.bp.blogspot.com/-4So1RLxqN7Q/VHMWABdXX9I/AAAAAAAAb4E/mV00Ac5Gm-Q/s1600/fb_icon_325x325.png    https://1.bp.blogspot.com/-S7ecZmnt3os/Vzmf77J7EfI/AAAAAAABEYc/g3MJ_0z_noUtAiLS7MRRHXgzOkGbZbfUACLcB/s200/scholar_logo_lg_2011.gif 
 

Colaboran con RIED:

https://2.bp.blogspot.com/-VKcDNIR3Sqk/V_aPanb6P0I/AAAAAAABKIA/XSdUeendX2wJ_afKOCIIkxkZjW0ZnT0vACLcB/s320/logoCUED.jpg       https://3.bp.blogspot.com/-wxw5W-VCRGA/WAnp69yeyuI/AAAAAAABKgo/LHi490KturcyZQE7KnlK2ZT9taWEUXkgQCLcB/s320/logo-AM2.01.png