Professor ou tutor: uma linha tênue na docência em EAD

Autores/as

  • Michelle Brust Hackmayer UNESA
  • Estrella Bohadana UNESA/UERJ

DOI:

https://doi.org/10.5944/ried.17.2.12685

Palabras clave:

Educação a distância, tutoria, docência.

Resumen

Este trabalho analisa a natureza docente do trabalho de tutoria na Educação a Distância (EAD), utilizando, como referência, os documentos oficiais do Ministério da Educação e Cultura (MEC) (Brasil, 2007) sobre as funções do tutor e as avaliações que os tutores do Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (CEDERJ) fazem de sua prática. Contextualiza a pesquisa, abordando questões teóricas relativas à docência na EAD, a qual envolve vários profissionais em sua atuação, incluindo o tutor. Revela que até o momento inexiste um termo que defina o papel do tutor no trabalho com a EAD, papel este que se torna cada vez maior e mais indefinido. Mostra que, embora tenha, reconhecidamente, uma função importante e determinante nos cursos a distância, o tutor ainda é um profissional que carece de perfil profissiográfico, que lhe confira uma formação definida e um espaço determinado na modalidade. O artigo revela, ainda, que cresce a necessidade de estudos que indiquem quais as suas principais funções, sua identidade profissional e, sobretudo, a caracterização de sua atuação docente na EAD. Analisa as respostas do questionário aplicado aos 38 tutores do CEDERJ/UERJ, no curso de Licenciatura em Pedagogia e, finalmente, conclui que os tutores são unânimes em considerar sua atuação como docente, embora não sejam reconhecidos nem remunerados como tal pela instituição onde atuam.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Citas

Alonso, K. M. (2010). A expansão do ensino superior no Brasil e a EAD: dinâmicas e lugares. Educ. Soc., 31 (113), Campinas, (1319-1335), out.-dez. 1335. [em línea] Disponível em: http://www.cedes. unicamp.br (consulta 2013, 10 de junio).

Alves-Mazzotti, A. J.; Gewandsznajder, F. (2001). O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira.

Belloni, M. L. (2006). Educação a distância. 4 ed. Campinas: Autores Associados. Brasil. (2007). Ministério da Educação. Secretaria de Educação a Distância. Referenciais de qualidade para educação superior a distância. Brasília.

Bruno, A. R.; Lengruber, M. S. (2009). Dialética professor-tutor na educação online: o curso de Pedagogia-UAB-UFJF em perspectiva. In: III Encontro Nacional sobre Hipertexto, Belo Horizonte, 29- 31 out. [em línea] Disponível em; www. ufpe.br/nehte/hipertexto2009/anais/a/ a-dialetica-professor-tutor.pdf (consulta 2013, 6 de julio).

Flemming, D. M.; Luz, E. F.; Luz, R. A. (2001). Monitorias e tutorias: um trabalho cooperativo na educação a distância. (10) [em línea] Disponível em: www. abed.org.br/publique/cgi/cgilua.exe/ sys/start.htm?UserActiveTemplate=4 abed&ind=142&sid=114%20 (consulta 2013, 30 de mayo).

Litwin, E. (2001). Educação a distância: temas para debate de uma nova agenda educativa. Porto Alegre: Artmed. Machado, L. D; Machado, E. C. (2004.) O papel da tutoria em ambientes de EAD. In: Anais do XI Congresso Internacional de Educação a Distância, Salvador, BA.

Maggio, M. (2001). O tutor na educação a distância. Em: Litwin, E. (Org.) Educação a distância: temas para debate de uma nova agenda educativa. Porto Alegre: Artmed, (93-110).

Mill, D. (2012). Docência virtual: uma visão crítica. Campinas: Papirus.

Mill, D. (2008). Educação a distância: desafios contemporâneos. São Carlos: EdUFSCar.

Rêgo, M. C. L. C. (2010). Tutoria e formação humana no ensino superior a distância. 157 f. Tese (Doutorado em Educação), UERJ, Rio de Janeiro.

Rizzini, I. (1999). Pesquisando: guia de metodologias de pesquisa para programas sociais. Rio de Janeiro: USU.

Scheibe, L. (2006). Formação de professores: dilemas da formação inicial a distância. Educere et Educare, l (2), Cascavel, (199- 212).

Tractemberg, L.; Tractemberg, R. (2007). Seis competências essenciais da docência on-line independente. In: Congresso Internacional da ABED, 13, Curitiba. [em línea] Disponível em: http:// www.abed.org.br/congresso2007/ tc/552007113218PM.pdf (consulta 2013, 7 de julio).

Publicado

2014-06-27

Cómo citar

Brust Hackmayer, M., & Bohadana, E. (2014). Professor ou tutor: uma linha tênue na docência em EAD. RIED. Revista Iberoamericana De Educación a Distancia, 17(2), 223–240. https://doi.org/10.5944/ried.17.2.12685

Número

Sección

Estudios e investigaciones